EL GATO NEGRO, o príncipe felino coroado com penas, retorna à França em 2019 para afiar suas garras após quinze anos de viagens pela América do Sul. Totalmente imerso nos ritmos de Cumbia, Salsa, Paso, Cha Cha e Bolero, ele conheceu seus irmãos e irmãs de música pelo caminho (La Yegros, Calypso Rose, Oxmo Puccino).

Com seu primeiro disco, “Cumbia Libre”, que vendeu 10.000 cópias, essa banda tropical conquistou o coração do público francês e europeu. De um lugar para outro, o ano de 2018 trouxe esse gato-pássaro migratório de volta ao mundo francófono, de Quebec a Paris e Burkina Faso, criando uma ponte com a América Latina.

El Gato Negro lançou  seu segundo disco, “Ouvre la porte”, em 2019. Gravado entre Toulouse, Bogotá, Mazunte e Ouagadougou e masterizado pelo grande Alex Gopher (Eddy de Pretto, Flavien Berger, Christine e Queens). 12 músicas que navegam entre francês e espanhol em uma mistura pop subtropical, onde a areia ardente do Oceano Pacífico encontra o colorido asfalto africano.

Um novo grupo e um novo som, moldado pelo balafon de Seydou Diabaté Kanazoé, pela bateria de Cyril Atef (-M-, Bumcello) e pela voz de Kandy Guira (Oumou Sangaré).

Compartilhe

Fotos

Vídeos

WordPress Image Lightbox